ON SET #1: UM SENHOR ESTAGIÁRIO (THE INTERN)

Ei pessoal, tudo bem? Disse que essa semana teríamos mais novidades e aqui estamos nós 🙂

Viciada em filmes como sou, pensei numa série bem bacana sobre sets de filmagens. Fico impressionada com esses profissionais incríveis que conseguem nos teletransportar para a história através do cenário.

Pensando nisso, pensei numa série onde eu discutiria o cenário de um filme/novela/seriado que eu tenha gostado e mostraria o que chamou mais a minha atenção. Neste caso eu procuro peças similares ou iguais e tento encontrar onde é vendido e por quanto. Além disso, a ideia é sempre aprender mais e mais com o que está no nosso cotidiano, ou seja, aprenderemos (em conjunto) a razão do designer ter adotado tal decoração e o que podemos absorver de conhecimento sobre isso. Bora comigo?!

Final de semana passado estrelou no Telecine On (Sim, gente… meu cinema ultimamente tem sido em casa através do telecine on demand (aquele programa que você aluga o filme da própria tv a cabo) :/) Um Senhor Estagiário (The Intern).

Um-Senhor-Estagiário

Sinopse by me: Jules (Anne Hathaway) funda um empresa virtual, que tem um crescimento exponencial em menos de 2 anos. Com valores diferenciados das empresas comuns, a empresa lança um programa de estágio para idosos com o intuito de absorver o conhecimento de pessoas mais experientes. Ben (Robert de Niro) tem 70 anos e procura um modo de se sentir útil após a aposentadoria e vê a oportunidade do estágio para sair do marasmo. Sempre disposto a ajudar ele tem o desafio de conquistar seu espaço na empresa. Jules, por sua vez, tem que encarar os desafios do gerenciamento do trabalho e dos problemas que seguem em sua vida pessoal, uma vez que ser uma mulher de sucesso ainda possui diversos obstáculos na sociedade em que vivemos.

O que achei do filme: Eu adoro filmes de todos os gêneros, esse filme é uma comédia suave, aquelas gostosinhas de assistir com a família, sabe?! Eu achei a ideia inicial do filme muito bacana, a contratação de um estagiário idoso por uma startup, dando-lhe uma ocupação depois de aposentado numa tentativa de absorver seu conhecimento para o bem da empresa. Na minha concepção o filme se desvirtuou um pouco depois da metade, mas mesmo assim, a ideia e as discussões retratadas foram/são bacanas para pensarmos um pouco sobre nossa sociedade. Vale a pena assistir e refletir 🙂 !

6

Direção e Designer: Nancy Meyers é conhecida como uma diretora minimalista no quesito de decoração de seus filmes. Vinculada ao design de interiores, sempre participa de toda a escolha de cenário, por isso seus filmes sempre se destacam neste quesito – Você já deve ter percebido isso ao assistir Simplesmente Complicado, O Amor não tira Férias, Alguém tem que ceder, etc. Para Um Senhor Estagiário ela teve como auxílio o Pinterest (Essa ferramenta perfeita para quem adora decoração), onde montou um arquivo para auxiliar a produtora Kristi Zea nas configurações dos cenários. Para saber as referências que ela utilizou é só dar uma olhadinha no Pinterest aqui.

Cenário 1: A empresa é o ambiente principal do filme e foi o local que me chamou atenção logo de cara! Zea, em uma entrevista para o blog Style Home, diz que eles percorreram por diversas empresas de start up para conhecer o ambiente e captar a energia dessas novas empresas do mercado. Em todas as visitas elas vislumbraram ambientes amplos, espaçosos, com um estilo contemporâneo (“all big spaces with a contemporany vibe”).

No filme, a empresa localiza-se num antigo galpão industrial no Brooklin (Nova York) , onde todos os ambientes estão integrados (essa é uma das coisas que eu mais gostei!), as divisórias existentes são de vidro, o espaço é amplo, com uma boa área de circulação (Jules circula de bicicleta na empresa). O resultado, de acordo com Zea, foi “Eclético, uma mistura de tradicional, de meados do século moderno(…)“.

the-intern
Jules, personagem de Anne Hathaway, circulando pela empresa de bicicleta (adorei o porta copo da bicicleta. ahhaah) – Observar Parede de tijolinhos com quadros grandes em preto e branco. Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures

Na minha concepção, a integração do ambiente reflete, de certa forma, os valores da empresa, onde todos os funcionários devem se sentir membros efetivos da equipe e conhecer todo seu processo. A integração dos funcionários dentro do ambiente traz uma harmonia na relação funcionário x empresa. Querendo dizer: “Somos todos um!”.

Escritório_Jules_TheIntern1
Visão geral da Startup. Área de recepção, divisórias de vidro, mesa de reunião. Ambientes integrados estilo industrial. Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
Escritório_Jules_TheIntern2
Mesa e cadeira de madeira trouxe um pouco de rusticidade para o ambiente industrial. Observar que a área de reunião, com divisórias de vidro, recebe acessórios com cores diferentes: cadeiras brancas, mesa redonda e lustre com design diferenciado e branco. Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
Escritório_Jules_TheIntern3
Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
Escritório_Jules_TheIntern4
Quem disse que não dá para integrar tapete na área de trabalho? Ficou Show! Foto: François Duhamel / Warner Bros. Pictures
Escritório_Jules_TheIntern7
Mesa de Jules, personagem de Hathaway, integrada aos funcionários. Cadeiras de acrílico e tapete quebram a frieza do ambiente. Foto: François Duhamel / Warner Bros. Pictures

Óbvio que, como todos os ambientes integrados e abertos, há sempre um problema com a organização do local. Há a necessidades de armários estratégicos e não se deve acumular objetos, papéis e etc – a organização deve ser primordial, caso contrário se instaura um caos geral.. hahaha.

No filme é possível analisar essa situação por 2 vezes mais claramente: 1. Mesa sem funcionários que acaba se tornando um depósito aberto e 2. Mesa da secretária da Jules que, com muito serviço, acumula muitos papéis na sua mesa.

Um senhor estagiário
Foto: François Duhamel / Warner Bros. Pictures
Escritório_Jules_TheIntern8
Foto: François Duhamel / Warner Bros. Pictures

Encontrei por ai: Cenário 1 #FicaDica

luminária_essencia
Luminária Flor de Lótus
luminaria_pendente_lira_grand
Luminária Pendente
banqueta-diamond-transparente-04-1000x856
Cadeira Sophia
44a036aaf37938029403ff453b658243
Mesa de Centro Cubo
cadeira-valentina-madeira-escura-1000x856
Cadeira Valentina
tapete listrado
Tapete Listrado Preto e Branco

 

 

 

 
Cenário 2: A Casa de Jules é super aconchegante. Localizada no Brooklin também, é grande para nossos padrões e cheia de detalhes encantadores. Há uma diversidade em sua caracterização, um pouco rústico, um pouco moderno.Nas anotações da produção Warner Bross, Meyers disse que queria uma casa que representasse uma família jovem, com algumas peças do meio-século, fotografias em preto e branco, tapetes marroquinos e brinquedos por toda casa.
Ela conseguiu alcançar o seu objetivo, mas para mim é difícil atribuir essa casa a uma família jovem, a não ser que você já tenha muitooo dinheiro sobrando para usufruir.. ahahaha A própria Meyers disse que gosta de pensar que a Jules possui uma amiga designer que a auxiliou a chegar nessa configuração, encantadora… é fato!

home_Jules_Um_Senhor_Estagiário
Sala da casa de Jules. O que é essa porta incrível e enorme que separa a sala da cozinha? Chocada! Encantador saber que os cenários foram feitos em locais reais no Brooklin. Observar que o ambiente é todo preenchido. Há referências mais antigas (eu associo a meados do século passado) como as cadeiras de madeira, o espelho em cima da lareira e a cristaleira escura, junto com peças mais modernas, como as poltronas sinuosas claras, cadeiras Eames, etc. Mas, gente, para que tanto abajur?! rs Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
home_Jules_Um_Senhor_Estagiário1
Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures

Quanto a cozinha, Meyers queria algo moderno, sem armários elevados e com bastante prateleiras, para trazer o ar de modernidade. A não ser a sala, a casa do personagem de Anne Hathaway é carregada no cinza. Há também quadros em preto e branco com sobressaltos dos coloridos dos desenhos de crianças.

home_Jules_Um_Senhor_Estagiário3
Cozinha com ilha 🙂 Amo o recorte nos armários, dificilmente encontramos esses detalhes aqui no Brasil. Observar a área do fogão tem um detalhe de azulejos que emolduram a parede. Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
home_Jules_Um_Senhor_Estagiário4
Lareira é totalmente fora da nossa realidade, isso é certo, mas na cozinha eu nunca tinha visto. rs. Quadros e cômodas na cozinha saiu um pouco do convencional (gostei!) Quanto as prateleiras eu acho que ficam estéticamente lindas, mas é muita prateleira, muito pó, muito acessório desnecessário para uma casa real (minha opinião). Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
home_Jules_Um_Senhor_Estagiário5
Gosto da tonalidade do cinza que seguiu da cozinha para o quarto. Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
home_Jules_Um_Senhor_Estagiário6
Abajour e luminária na parede juntas? Adorei a ideia do sofá no pé da cama, ótimo para quem tem espaço. Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
home_Jules_Um_Senhor_Estagiário7
Quem disse que não podemos ter uma luminária de filme? Comprei a minha (a do teto) na Liberdade em São Paulo por R$15,00 🙂 . Achei o armário um pouco pequeno para um casal (ei, mas isso é apenas um cenário. rs) Observar que não se seguiu um alinhamento dos objetos pendurados na parede. Foto: Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures
home_Jules_Um_Senhor_Estagiário8
Francois Duhamel / Warner Bros. Pictures

Encontrei por ai: Cenário 2 #FicaDica

shopping
Cadeira Meridien
cadeira-eames-dsw-1000x856
Cadeira Eames
adm_autoThumb
Cadeira Sophia Infantil
ttcs383824_nt_amb
Cesto Taboa
Luminária Japonesa
foto00
Luminária Tripé

Cenário 3: A Casa do Ben, personagem do Robert De Niro, não aparece tanto quantos os outros cenários, foi até difícil encontrar fotos do ambiente, mas acho que dá para sentir o clima com as fotos a seguir. Ela é mais sóbria, com tons mais escuros. As cenas dele em casa estão muito atreladas ao seu closet, pois ele, como uma pessoa de mais idade, gosta de estar sempre bem vestido, engomado, com gravata e etc.

Uma das características mais bacanas deste ambiente é o uso de obras de arte do próprio pai do Robert De Niro, o que para o ator foi um gesto muito carinhoso da diretora, e que o deixou muito contente trazendo uma sensação de pertencimento ao ambiente. Bacana né?!

closet_theintern
Closet Ben, personagem do Robert De Niro. Foto: Warner Bros Pictures
quarto_theintern
Warner Bros Pictures

Gostaram? Seguem mais algumas fotinhos do instagram do filme – @TheInternMovie – para vocês se deliciarem assim como eu 🙂

Janela_theIntern
Pôr do sol visto da janela da antiga indústria – cenário da startup de moda. Foto: Instagram @TheInternMovie
escolhendo móveis the intern1
Meyers e Robert DeNiro escolhendo as poltronas para a casa de Ben. Foto: Instagram @TheInternMovie
kitchen_theintern1
Cozinha que integra o cenário da empresa. Foto: Instagram @TheInternMovie
inspirações_Meyers1
Mural das inspirações de Meyers: Por trás das cenas. Foto: Instagram @TheInternMovie
Sala_The Intern_Jules1
Cantinho inspirador da casa de Jules, personagem de Anne Hathaway. Foto: Instagram @TheInternMovie

Depois me contem o que acharam do filme e da decoração, ok?!  🙂

Eu acho que não podemos basear a nossa casa nos sets de filmagens, a nossa casa é única e é a vida que temos nela que dá a alma ao lugar. Perfeição é só em capa de revista e em cenas de filmes/novelas, mas é sempre bom poder observar e garantir boas dicas desses ambientes cheios de charme.

Espero que tenham gostado e espero vocês por aqui.
Beijos Carinhosos
Cá.

4 Comments

  1. Carolina Leal

    15 Fevereiro, 2016 at 12:44

    Oie!!
    Adorei o post e todos as pontuações referente aos cenários, amei o quarto e a cozinha da Jules. Concordo quando diz que a casa é muito grande para os nossos padrões e que tem prateleiras e acessórios demais para o dia a dia, mas tudo tem muito charme!
    Por exemplo acho um exagero uma “sala” no quarto do casal, afinal quantas pessoas você vai receber lá? Haha eu receberia bem poucas e não passaria muito tempo por lá, então acho meio desnecessário…
    Entretanto gostei de tudo para um filme é super bom! Eu ainda não assisti, mas quero assisti-lo em breve.
    Beijos

    Vi seu post no DIY – Decoração e Artesanato do G+
    Carolina Leal
    lealcarolina.com.br

    1. Canto de Ca

      15 Fevereiro, 2016 at 14:10

      Carolina, minha xará 🙂
      Que bom que gostou do post. Fico muito feliz!
      É inegável o charme dos ambientes, né?! Mas a sua colocação foi ótima: para que uma sala no quarto? ainda mais com 3 tipos de sofás diferentes?!.. rs Ainda tem a questão dos abajour do lado das arandelas. rs
      Mas a Nancy Meyers sempre se supera nos seus filmes. É um filme gostoso de assistir e encanta pelos cenários.

      Obrigada por sua visita.
      Beijos carinhosos!
      Carol

  2. camila

    18 Fevereiro, 2016 at 16:04

    Eu amei esse filme até fiz uma resenha sobre ele no meu blog, adorei o seu post super completo já tinha ficado de olho nos cenários durante o filme, agora então, paixão hehe
    A sugeri seu post na fã page do meu blog, espero que não se importe

    1. Canto de Ca

      23 Fevereiro, 2016 at 16:16

      Poxa Camila fico muito feliz que tenha curtido o post e tenha deixado o seu comentário.
      Já curti e vou ficar de olho no seu blog que também é um encanto <3
      Volte mais vezes.
      Beijos
      Carol

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.